04/08/2013

Quer dicas? Como montar uma prateleira de livros com caixote de feira? Sem custos algum Veja no post modelos incríveis e escolha o seu!

Acordei expirado Hoje! Caro amigos PRATELEIROS.
Dicas de como montar sua própria prateleira de Caixote de feira, muito legal para quem quer fazer uma decoração com caixotes de feira. Mostramos que, além de deixarem o ambiente com um visual super bacana, eles são organizadores para todo tipo de espaço: organizam e decoram lavabos, quartos, salas, home office, e muito mais! Se você ainda está pensando em como pode usar seu caixote de feira na decoração, recomendamos a leitura do post Caixote de Feira . Se você já está curtindo a idéia e não vê a hora de usar um caixote de feira na decoração, então dê uma conferida a  modelos incríveis para todos gostos!

 Localize próximo à sua loja um mercado ou feira a fim de conseguir gratuitamente os caixotes que originalmente servem para o transporte de frutas;

  O que precisa:
- Pintar com tinta PVA  BRANCA (a cor de sua preferência).
- Caixotes de Feira
- Martelo
- Pregos
- Lixa para madeira (P120) 
- Rolo de Espuma
- Pincel
- 4 rodízios
- Parafusos de 2 cm e tachas

1: O primeiro passo é arranjar os caixotes. O segundo passo é lavá-los bem com água, sabão, sabão em pó e alvejante. 
O terceiro passo é a secagem preferencialmente no sol ou com secador de ambientes. Deixar assim, para que a madeira fique bem seca. 
 
2: Depois utilizar lixa de madeira para tirar as maiores deformidades da madeira, o detalhe é que não fica perfeito, pois a madeira dos caixotes não são nobres, mas nessa imperfeição é que reside a beleza; 
Realize a limpeza e higienização dos caixotes.
Com uma lixa, lixe todos os lados do caixote deixando a madeira uniforme e lisa para a aplicação da tinta. Para lixar, opte por um espaço aberto em virtude da poeira.
3: Reforce com pregos todo o caixote para a sustentação correta do peso dos livros;
Pinte com a tinta ou verniz do seu gosto. Verniz utilizado: “marítimo”
4: Se tiver cupim, trate a madeira passando impermeabilizante específico para cupins.

5: Pintar com tinta PVA  BRANCA (é a mesma tinta que se passa na parede), as vezes aparecem manchas marrons, isso é normal, quando aparecerem aplique mais tinta branca  até vencê-la;
6: Depois da primeira de mão você pode passar outra cor da sua escolha também PVA, pois é mais fácil de trabalhar. 
7: Pelo lado interno do caixote, Vire o móvel e parafuse os rodízios na base.
É possível colocar rodizios ou pernas de apoio para que a estante não fique no chão;
Recomendo no máximo 5 caixotes para fazer a prateleira, pois com mais caixotes 
ela fica um pouco instável, se não houver criança no ambiente não tem problema, mas havendo é melhor optar pela segurança.



11/07/2013

# A CULPA É DAS ESTRELAS: DE JOHN GREEN

A história se passa na cidade de Indianápolis, onde Hazel, de 16 anos vive com seu pais e convive com um câncer, descoberto aos 13 anos de idade. Após sua mãe notar o quão depressiva ela andava, Hazel é encaminhada por sua médica a um grupo de apoio e é lá que ela conhece Augustus Waters, apresentados pelo amigo em comum, Isaac.
Hazel está em estado terminal... ela ama muito sua família e é daí que tira forças para continuar, mesmo sendo fruto de um milagre após as últimas tentativas para salvá-la. E Augustus passa a ser também uma motivação.
Augustus é portador de osteosarcoma, um tipo de câncer que atingiu seus ossos, mas com grandes chances de cura. Eles se conhecem, ficam muito amigos e juntos vão buscar realizar um sonho de Hazel Grace: descobrir o que acontece com os personagens do seu livro favorito após o final inacabado, Uma "Aflição Imperial" de Peter Van Houten. 

A Hazel é extremamente inteligente, e realmente me fez refletir sobre a vida. É uma leitura muito gostosa de fazer, pois a linguagem é toda jovem e narrada por ela. Você passa a pensar sobre várias coisas, como a relação que tem com seus pais, com seus amigos e outras pessoas que vivem com você.  Queria contar sobre minhas partes favoritas.. (Não é spoiler) rs.
É também um livro divertido, romântico e triste que vale com certeza apena vocês lerem. Hazel Grace e John Green me conquistaram e espero que conquiste vocês também!

Podemos dizer que John Green conseguiu transformar um tema pesado como o câncer numa história doce, sensível, inteligente e bem-humorada. A evolução dos personagens de crianças para jovens adultos é visível ao longo da narrativa e Green toma certos cuidados para conseguir equilibrar os lados racional e emocional de Hazel e Gus:

Narrado em Primeira pessoas: Um trecho bonito, a respeito do infinito, foi tudo o que precisou para eu me interessar por "A Culpa E Das Estrelas". Segundo um textinho na orelha do livro, essse é o projeto mais ambicioso de John Green e, mesmo sem conhecer as coisas obras do autor, acho que posso concordar com isso. Conseguir fazer rir tratando de um tema tão Mórbido e com uma propensão tão grande para o drama, é feito e tanto. Mas provocar riso ainda não é a maior realização de John Green. O que A Culpa É Das Estrelas tem de mais legal é a sua delicadeza. É o tom adolescente, fresco, debochado e que, simultaneamente, consegue ser profundo e reflexivo. São os personagens possíveis, que sentem raiva de sua condição, medo do esquecimento e não estão mesmo prontos para se despedir. E é tudo isso somado aos sonhos de Hazel Grace e de Augustus Waters (os protagonistas do livro), que a gente torce para se realizarem, mesmo que tudo indique que eles não vão acontecer. E, por fim, é o envolvimento que A Culpa É Das Estrelas consegue fazer com que a gente tenha com a sua trama. Não dá para não se importar. Hazel tem câncer em um estágio avançado. Para sair de casa, ela precisa da ajuda de um respirador. Há 3 anos ela não vai à escola e, por isso, seu contato humano se restringe a seus pais. Ok, ela até cursa algumas cadeiras na faculdade comunitária de Indianapolis, mas não tem amigos no local. Então, na tentativa de fazer com que ela se relacione com alguém que, efetivamente, entenda o seu problema, sua médica sugere que ela frequente um grupo de apoio para crianças com câncer. E, contrariada (e obrigada pelos pais), Hazel começa a ir. Num dia comum, quando parecia que tudo o que ela ia ouvir era Patrick falando (de novo) sobre sua “ausência de bolas”, ela conhece Augustus Waters. Ele é lindo, inteligente e adora metáforas. E ele está visivelmente interessado nela. O que começa daí para frente poderia ser só mais uma história de amor adolescente que a gente lê e pensa “pfff, até parece”. Mas não. É tudo tão bonito, gradual e escrito de um jeito tão delicado que faz com que a gente suspire e realmente compre o que é narrado.Augustus está longe do protótipo de príncipe encantado. E seus defeitos, como sua arrogância, aparecem imediatamente. Mas, ao contrário de Hazel, ele tem uma visão mais suave das coisas. Não chega a ser otimista – até porque depois de perder uma perna para o câncer e ver o seu melhor amigo perdendo os olhos, é difícil manter o otimismo –, mas revela que tudo é uma questão de ângulo. Ele também debocha dos clichês ditos por pessoas como Patrick e dos Encorajamentos que seus pais espalham pela casa, mas, ao mesmo tempo, ele se agarra a alguns deles. E, por ainda conseguir ver cores em coisas que Hazel já pintou de cinza, ele é uma espécie de complementação e contraponto da personagem.
Entre as milhares de coisas importantes que Gus e Hazel compartilham, está o carinho por um livro chamado “Uma Aflição Imperial”. Esse romance será a força motora de boa parte da narrativa. É que ele termina de um jeito abrupto. A garota que narra a história de “Uma Aflição” também tem um câncer em estado terminal e, simplesmente, para de escrever no meio de uma frase. Para Hazel, essa foi a maneira encontrada por Peter Van Houten (o autor da obra), de dizer que a vida termina do nada. Você sempre vai estar no meio de alguma coisa. Mas, para nós, leitores de A Culpa É Das Estrelas, a história de UAI é maior do que isso.Hazel e Augustus querem saber o que acontece com os demais personagens do tal livro para poder ter uma visão de como as pessoas ao seu redor ficariam depois da morte deles. Se elas se reergueriam e esse tipo de coisa. Conhecendo o desfecho de UAI, talvez, eles pudessem ser mais esperançosos. Porém, a vida nunca é como a gente deseja, as pessoas nunca são como a gente deseja e, ao fim do romance, os dois continuam sem respostas. Essa escolha foi bastante acertada da parte de John Green e impediu que seu livro se transformasse em algo clichê.Aliás, clichê é uma coisa que passa longe de A Culpa É Das Estrelas. Para mim, o livro trabalha com diversos anti-clímax: sempre que você cria expectativas para determinado acontecimento, vai tudo tão mal que te frustra tanto quando frustra as personagens. Sempre que você está lendo, sem maiores esperanças de algo grande, uma coisa bonita de verdade acontece e você se pega sorrindo. Isso é uma das coisas que imprimem realidade na obra e fazem com que ela seja tão agridoce.

09/07/2013

7 DICAS PARA UMA BOA LEITURA

1) Divida sua leitura: leia um pouco de manhã, no almoço, a tardezinha e antes de dormir. Dessa forma você instiga sua imaginação e vontade de continuar a história.
2) Procure livros que te interessem: bem óbvio, mas muitas vezes a pessoa gosta de romance e começa lendo um livro de Stephen King, tornando a leitura difícil, truncada e não-prazerosa. Mantenha-se no seu gênero preferido, pelo menos até dominar a leitura.
3) Comece com livros fáceis: não queira começar lendo clássicos como José Saramago ou livros técnicos. Se você não tem o hábito da leitura é melhor começar com livros bem tranquilos e evoluir gradativamente. Quanto mais atual o livro melhor, e o mais importante: não desanime! 
4) Leia resenhas e opiniões: Antes de ler, procure saber se outras pessoas gostaram da história. Muitas vezes o livro começa chato e fica bom na metade, então é importante você saber o que esperar do livro e aguardar essa reviravolta.
5) Compre Livros: sempre tenha um livro aguardando para ser lido em sua estante. Se você termina de ler um e já tem outro esperando, é muito mais fácil começar a leitura logo em seguida.
6) Não leia em voz alta: se você vocaliza o que está lendo, começa a achar que não pode ler mais rápido do que fala, o que não é verdade. A fala é mui
to mais lenta do que a leitura, e esta deve ser uma atividade que envolve apenas os olhos e o cérebro.
7) Leitura Dinâmica (seletiva): tente ler em blocos ao invés de palavras separadas. Para começar, foque em 3 palavras por vez, depois vá aumentando o número de palavras até conseguir focar na linha toda. Dessa forma sua leitura fica muito mais rápida e você consegue passar batido por aquelas partes que não agregam nada à história.
Beijooos do Guii' PRATELEIROS :)

04/07/2013

# A PROBABILIDADE ESTATÍSTICA DO AMOR À PRIMEIRA VISTA: JENNIFER E. SMITH

Resenha do lançamento da Editora: Galera Record, Esta capa atraí qualquer leitor.
Adorei muito. (já estou com saudades )
Sinopse - A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista - Jennifer E. Smith.
Com uma certa atmosfera de Um dia, mas voltado para o público jovem adulto, A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.Créditos Skoob:


Este Livro passando despercebido por muito leitores, Quando saiu o lançamento em português quis logo lê-lo.
O livro é bem ternurento. Meigo, Fofinho, Meloso, Achei o livro doce com uma pitada de atrasos e romantismo.

O livro conta a história de Hadley Sullivan, uma garota de 17 anos que mora em Connecticut com a mãe. Seu pai, Andrew, é professor e está se separado da família, desde que viajou para dar aulas em Oxford na Inglaterra. Os pais se divorciaram e a relação entre a filha e ele não é das melhores.

Já se perguntou que em quatro minutos poderia mudar a sua vida¿ Eu jamais imaginaria, até porque em quatro minutos eu tiraria um cisco em meus olhos.


Pois bem, em quatro minutos mudou á vida de Hadley Sullivan mudou, da água para o vinho.
não sei se foi azar ou sorte de Hadley, ela perde o vôo mas importante de sua vida, preocupada por perde o vôo para Inglaterra para o casamento de seu pai, só lhe resta esperar pelo próximo avião.
No vôo seguinte, Hadley conhece Oliver, o garoto do assento 18c, Alto e elegante, com os cabelos desarrumados, olhos verdes. (ela logo apelidou em seus pensamentos) “O Britânico”, com um sotaque forte meio desajeitado, com sua boca tensa. Coração de Hadley bater mas forte. Porem Oliver “O britânico” estava na espera do mesmo vôo, Hadley e Oliver ambos compartilharão um bom papo. =)

Narrando em terceira pessoa, Jennifer E. Smth conduz um mar de flertes, logo no primeiro encontro, confesso que eu imaginei que o livro iria ser uma historia “Chata” de dois adolescentes se encontrando em um aeroporto. Mas fiquei impressionado pelo contexto narrativo do livro, Conduzido pela Jennifer Smith.
Jennifer nos envolve em uma realidade na qual o acaso faz parte do trabalho, e o amor , esperança de um reencontro, faz a outra. A simplicidade das conversas e das situações dá ao livro um ar diferente, arrisco dizer, mais bonito apresentam aos leitores uma pureza pautada em sentimentos, despertos de  uma forma tão rápida e incrivelmente tão verdadeira.
Não se trata de personagens muito complexos e profundos. Não tomamos conhecimentos do que vai além do necessário.
Hadley uma menina de 17 anos, com sua vida toda atribulada, problemas familiares (separação de seus pais), com medos de sua primeira viagem para Inglaterra, em saber que seu pai iria se casar de novamente (que não seria sua mãe)...
não saber como seria o seu primeiro encontro com seu pai, e sua Madrasta
Charlotte”, em fim ... Jennifer Smith parabéns pelo texto, narração, gostei muito do Livro.
 


O Livro é de autoria de Jennifer E. Smith, escritora e editora, trabalha em Nova York, È formada em escritas criativas pela Universidade de Saint Andrews, na Escócia. É também e autora de quanto livros: This is What Happy Looks Like, The Storm Makers , You are here e The Comeback Season.
Site Oficial da Autora clique aqui:




Nasce uma amizade entre eles, declaram os seus motivos pela viagem, ambos bem íntimos.
Hadley complementa com uma forma não muito agradável, diz o motivo de sua viagem para Inglaterra: vê meu pai se casar novamente, cujo não vejo pra mais de um ano, ainda tem que conhecer Charlotte, á sua futura Madrasta. Oliver afirma que também vai a um casamento, localidade diferente.
Oliver e Hadley por acaso possuem as poltronas na mesma fileira e se sentam juntos no avião (você acredita em destino? Kkk ) e durante todo o percurso até a Europa eles vão conversando sobre tudo, Relacionamentos entre os pais, Namoros, Profissões, e se conhecendo melhor. Instantaneamente ambos demonstram certo carinho e curiosidade pelo outro, porém ao chegar em Londres eles terão que se separar: Hadley terá que correr para a Igreja pois chegará em cima da hora para o casamento e Oliver também têm uma cerimônia para comparecer no mesmo dia (coincidência?). 
Após se separarem, Hadley não consegue parar de pensar no Britânico, tudo que atinge sua mente é em relação ao garoto. Mas ela nem mesmo pegou o número de telefone dele ou lhe perguntou seu sobrenome, não sabendo o que fazer para reencontrá-lo. 

Pra quem gosta de amores impossíveis e com uma pitada de drama, sem sombras de dúvidas, O romance entre Hadley e Oliver “O Britânico” irá conquistar-lo (a) de várias maneiras, Por ex: o meu =) , já conquistou mais de 30 idiomas ao qual o livro já foi publicado.
Recomendo á todos vocês, Amigos & Leitores do “PRATELEIRAS DE LIVROS”... Muito bom mesmo!.

Beijoooos :* do Guii’ 

01/07/2013

ESTANTE INTRÍNSECA: LANÇAMENTOS DE JULHO


Bling Ring: A gangue de Hollywood, de Nancy Jo Sales — Obcecado por celebridades, um grupo de adolescentes nascidos em um endinheirado subúrbio de Los Angeles seguia seus ídolos bem de perto: arrombava suas casas e roubava objetos íntimos, preferencialmente aqueles que estampavam marcas como Chanel, Gucci, Tiffany, Cartier e Marc Jacobs. Entre 2008 e 2009, a gangue furtou o equivalente a 3 milhões de dólares em roupas, joias e obras de arte de jovens ícones pop como Paris Hilton, Lindsay Lohan e Audrina Patridge.
A história real da audaciosa gangue de Hollywood, retratada pela premiada jornalista norte-americana Nancy Jo Salesinspirou o novo filme de Sofia Coppola. Estrelado por Emma Watson, Katie Chang, Israel Broussard e Leslie Mann, a produção chegará aos cinemas brasileiros em 2 de agosto, com distribuição da Diamond Films Brasil.

14/06/2013

Promoção "Vem Para o Arraiá dos Blogs"


Regras obrigatórias:
*Seguir todos os blogs pelo GFC
* Deixar um comentário neste post, validando sua participação

10/06/2013

LIVROS POR APARÊNCIA DE #CAPAS & #SINOPSE'S PERFEITA! MAS ME DECEPCIONEI



Sabe quando você entra em uma livraria se depara com livros de #CAPAS MARAVILHOSAS & #SINOPSE'S PERFEITAS? aí você diz, este livro que eu vou leva , Deve ser bom!.

E dá aquela olhadinha ná SINOPSE e acha tudo perfeito. =))  
Abre e dá aquela olhadinha básica na Sinopse e acha tudo maravilhoso! e diz vou levar. 
Ao Chegar em casa abre aqueles livros com aquela vontade imensa de Lê-los compulsivamente e de acompanhamento de algumas #CANECA DE CHOCOLATE QUENTE & #BISCOITINHOS  para fazer aquela combinação perfeito (Chocolate x Biscoitinhos) :p

Começa á folhar aquelas belas paginas compulsivamente e ter aquela BAQUE! :O meu deus rs ,
- o que, que aconteceu com esses livros? sabe que não foi nada do que você estava imaginando sobre eles!. Que foi um maior erro compra esses livros por aparência! 
Mas olhando pelo outro lado, você se deliciou com as guloseimas e aquela caneca quentinha de chocolate, e já pensando como seria á sua Resenha sobre aquele livro Deprimente :


Espero que isto nunca aconteça com vocês amigos leitores :)) 
Boa sorte!  
Guiian Pietro






04/06/2013

Como ensinar a seu filho que ler é um prazer

Pesquisas do mundo todos mostram que a criança que Lê e tem contato com a literatura desde cedo, principalmente se for com o acompanhado dos pais, é beneficiada em diversos sentidos: ela aprende melhor, pronunciar melhor as palavras e se comunica melhor de uma forma geral. "Por meio da leitura, a criança desenvolve a criatividade, a imaginação e adquire cultura". A Leitura frequente ajuda a criar familiaridade com o mundo da escrita .
A proximidade com o mundo da escrita, por sua vez, facilita a alfabetização e ajuda em todos as disciplinas, já que o principal suporte para o aprendizado na escola é o livro didático. Ler também é importante porque ajuda a fixar a grafia correta das palavras. 
Quem é acostumado à leitura desde bebezinho se torna muito mais preparado para os estudos, para o trabalho e para a vida. Isso quer dizer que o contato com os livros pode mudar o futuro dos seus filhos. Parece exagero? Nos Estados Unidos, por exemplo, á Fundação Nacional de Leitura Infantil (National Children's Reading Foundation) garante que, para a criança de 0 á 5 anos , cada ano ouvindo historinhas e folheando livros equivale 50 mil dólares a mais na sua futura renda.

Então, o que está esperando? veja a nossa recomendações e estimule seu filho a embarca na aventura que só o bom leitor conhece. Você pode encontrar boas dicas de livros .
Guiian Pietro.

28/05/2013

A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista - Jennifer E. Smith

Hoje começa uma nova leitura! Ganhei esse presentinho FOFO de Aniversário da minha Amiga Frãncine Barbosa "Leitora do Prateleiras de Livros".
Autor: Jennifer E. Smith
Editora: Galera Record
Ano: 2013
Número de Páginas: 223
Sinopse - A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista - Jennifer E. Smith.

Com uma certa atmosfera de Um dia, mas voltado para o público jovem adulto, A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.

Guiian Pietro

15/05/2013

A Aposta – Vanessa Bosso


Autor: Vanessa Bosso
Editora: WattpadNº de Páginas:100
Avaliação:  BOA
Sinopse - A Aposta - O jogo de sedução está prestes a começar - Vanessa Bosso

A Aposta - O jogo de sedução está prestes a começar - Vanessa Bosso

Uma viagem de formatura. Uma aposta perigosa. Lex, o galinha do colégio, terá apenas sete dias para derreter o congelado coração de nina, a garota que odeia quem use cuecas. Nina enlouquece quando descobre sobre a grande aposta do ano. E agora ela quer sangue: o sangue de lex. Em meio a chantagens, intrigas, vinganças, diálogos ácidos, aventuras, romance e momentos hilários, as páginas desse livro entrarão em combustão espontânea. Quem sairá vencedor? Façam suas apostas. O jogo de sedução está prestes a começar OBS: Quem quiser acompanhar essa história online, está disponível no wattpad: http://www.wattpad.com/13437759-a-aposta

13/05/2013

PARTICIPEM DO NOSSO GRUPO DO "SKOOB" NO FACEBOOK


 Gostaria que todos participassem desta corrente do FACEBOOK
Nosso Grupo "Skoob"destinado à todos leitores que apreciam compartilhar o seu gosto pela leitura. Uma forma fácil de se divertir e aprender mais em conjunto e em comunidade.

Siga as instruções:

1- Pegue a imagem (aqui embaixo).
2- Coloquem em seu BLOG ou SITE (Literário).
3- Logo apos Link esta imagem > (http://www.facebook.com/groups/comunidadeskoob/)
4- Envie um e-mail (guiianpietro@gmail.com) informando o seu blog ou site! 
Muito grato pela atenção de todos.   
Guiian Pietro

11/05/2013

O Código Da Vinci - Dan Brown


Sinopse - O Código Da Vinci - Dan Brown
Um assassinato dentro do Museu do Louvre, em Paris, traz à tona uma sinistra conspiração para revelar um segredo que foi protegido por uma sociedade secreta desde os tempos de Jesus Cristo. A vítima é o respeitado curador do museu, Jacques Saunière, um dos líderes dessa antiga fraternidade, o Priorado de Sião, que já teve como membros Leonardo da Vinci, Victor Hugo e Isaac Newton. Momentos antes de morrer, Saunière consegue deixar uma mensagem cifrada na cena do crime que apenas sua neta, a criptógrafa francesa Sophie Neveu, e Robert Langdon, um famoso simbologista de Harvard, podem desvendar. Os dois transformam-se em suspeitos e em detetives enquanto percorrem as ruas de Paris e de Londres tentando decifrar um intricado quebra-cabeças que pode lhes revelar um segredo milenar que envolve a Igreja Católica. Apenas alguns passos à frente das autoridades e do perigoso assassino, Sophie e Robert vão à procura de pistas ocultas nas obras de Da Vinci e se debruçam sobre alguns dos maiores mistérios da cultura ocidental - da natureza do sorriso da Mona Lisa ao significado do Santo Graal. Mesclando com perfeição os ingredientes de uma envolvente história de suspense com informações sobre obras de arte, documentos e rituais secretos, Dan Brown consagrou-se como um dos autores mais brilhantes da atualidade. "O Código da Vinci" prende o leitor da primeira à última página.

O Código Da Vinci - Dan Brown



08/05/2013

Melancia - Família Walsh, livro 1 - Marian Keyes



Autor: Keyes, Marian
Editora: Bertrand Brasil
Categoria: Literatura Estrangeira / Romance

Sinopse - Melancia - Família Walsh, livro 1 - Marian Keyes

Foi demais da conta para Claire o dia do nascimento da sua filha. Ao acordar no quarto do hospital depara com o marido olhando-a na cama. Deduzindo tratar-se de algum tipo de sinal de respeito, ela nem suspeita de que ele soltará a notícia da sua iminente separação: “Ouça, Claire, lamento muito, mas encontrei outra pessoa e vou ficar com ela. Desculpe quanto ao bebê e todo o resto, deixar você desse jeito...” Em seguida, dá meia-volta e deixa rapidamente o quarto. De fato, ele sai quase correndo. Com 29 anos, uma filha recém-nascida nos braços e um marido que acabou de confessar um caso de mais de seis meses com a vizinha também casada, Claire se resume a um coração partido, um corpo inteiramente redondo, aparentando uma melancia, e os efeitos colaterais da gravidez, como, digamos, um canal de nascimento dez vezes maior que seu tamanho normal! Não tendo nada melhor em vista, Claire volta a morar com sua excêntrica família: duas irmãs, uma delas obcecada pelo oculto, e a outra, uma demolidora de corações; uma mãe viciada em telenovelas e com fobia de cozinha; e um pai à beira de um ataque de nervos. Depois de muitos dias em depressão, bebedeira e choro, Claire decide avaliar os prós e contras de um casamento de três anos. E começa a se sentir melhor. Aliás, bem melhor. É justamente nesse momento que James, seu ex-marido, reaparece, para convence-la a assumir a culpa por te-lo jogado nos braços de outra mulher. Claire irá recebê-lo, mas lhe reservará uma bela surpresa...

Melancia - Família Walsh, livro 1 - Marian Keyes



03/05/2013

Crash - Nicole Williams



Autor: Nicole Williams

Editor:  HarperCollins



South Point High é o último lugar no qual Lucy gostaria de cursar o último ano de escola. Isso até o momento que ela encontra Jude Ryder, um garoto cujo nome é quase um verbo, além de um sinônimo para problemas. Ele tem uma ficha maior que uma tese de conclusão, e já teve seu nome suspirado, gritado e praguejado por mais mulheres que Lucy tem coragem de saber, além de viver em uma casa para garotos problemáticos onde ser problemático parece ser um status para os moradores. Lucy teve uma criação estável, e vive para usar as sapatilhas de bailarina, além de ter em seu futuro a certeza de ir para Juilliard, tentando se manter longe de  problemas. Até agora. Jude é aquilo que ela precisa evitar se ela deseja separar seu passado de seu futuro. Ficar longe, ela vai acabar descobrindo, será a única coisa da qual ela é incapaz. Para Lucy Larson e Jude Ryder, amor vai acabar sendo aquilo que vai destruí-los. (Tradução Livre).

26/04/2013

Pelos Poderes dos Deuses Olimpianos



Autor: 
Sarah Micucci
Editora: 
Clube de Autores
 

Sinopse - Pelos Poderes dos Deuses Olimpianos - Sarah Micucci


Você já parou para se perguntar como o mundo foi criado? Claro, existem as explicações que a Bíblia nos oferece. Assim como existe a teoria da evolução de Darwin, que também se propõe, cientificamente, a explicar. Mas e antes da Bíblia e de Darwin? Os gregos explicam! A mitologia grega revela a criação do mundo a partir de uma divindade chamada Caos. Só que nessa época o universo era bagunçado, era verdadeiramente um caos. E eis que surge um deus que traz a ordem para essa desordem: ZEUS. Com ele dá-se o início de um poderoso time de 12 deuses olimpianos, todos com poderes especiais. Cada um deles tem uma história fascinante que se desenrola num reino encantado chamado OLIMPO. Você vai se encantar com ATENA, a deusa da sabedoria, ou se enraivar com ARES, o deus da guerra, que só faz besteira. Divirta-se com as fantásticas aventuras dos doze deuses olimpianos! ADQUIRA UM EXEMPLAR NO SITE: http://migre.me/124Cv



Pelos Poderes dos Deuses Olimpianos - Sarah Micucci



Ass:



23/04/2013

Apegados




Autor:  Amir Levine; Rachel S. F. Heller
Editora: Novo Conceito

Sinopse - Apegados - O que a ciência pode fazer para ajudá-lo a encontrar — e a manter — o amor

Cada vez mais fazemos uso da pesquisa científica para conquistar melhor qualidade de vida. Sabemos o que devemos ou não comer, conhecemos o tipo de exercício que devemos praticar e por quanto tempo devemos fazê-lo, aprendemos alternativas viáveis para conquistar o sono revigorante... No entanto, nossos relacionamentos amorosos, parte importante de nossa vida, não parecem tão avaliados e estudados. Geralmente temos a sensação de que essa coisa de amor é um assunto da sorte.

Mas será possível que a ciência explique por que algumas relações são produtivas e enriquecedoras, enquanto outras nos deixam perturbados e alienados? Pode a ciência explicar como muitos criam vínculos amáveis sem esforço algum, enquanto outros têm que lutar tanto pelo amor? Para o psiquiatra Amir Levine e a psicóloga Rachel Heller, a resposta é um evidente “sim”.
Em "Apegados" — livro baseado nas pesquisas da Teoria do Apego, de John Bowlby —, os autores revelam como compreender os mecanismos de afeição que se criam entre os adultos, o que certamente nos ajudará a encontrar e a manter o amor. Seja você do tipo “ansioso”, “seguro” ou “evitante”, Levine e Heller se encarregam de oferecer instrumentos suficientes para que você possa construir relações mais fortes e reparadoras com as pessoas que ama.


Apegados - O que a ciência pode fazer para ajudá-lo a encontrar — e a manter — o amor

Assim:

22/04/2013

Diario da penetração



Autor: Deanna Lee

EditoraLoose ld LCC (Lorri-Lynne Brown)

Sinopse

Samantha Kane é uma aluna com um plano vitalício sólido.
Conseguir se graduar, encontrar marido, e ter uma grande vida feliz.
Mas, a vida está para enciná-la uma lição sobre amor, sexo, entre outras coisa.

#AVISO

Este Livro contém cenas de sexo explícito e linguagem adulta e pode se considerado ofensivo para alguns leitores.
Os e-Books da Loose LD são somente para adultos, como definem as leis do país a que foi comprado.
Por favor, guarde seu livro com cuidado, a onde eles não poderão ser acessados por leitores menores de idade.

A Importância da Leitura


As tecnologias do mundo moderno fizeram com que as pessoas deixassem a leitura de livros de lado, o que resultou em jovens cada vez mais desinteressados pelos livros, possuindo vocabulários cada vez mais pobres.

A leitura é algo crucial para a aprendizagem do ser humano, pois é através dela que podemos enriquecer nosso vocabulário, obter conhecimento, dinamizar o raciocínio e a interpretação. Muitas pessoas dizem não ter paciência para ler um livro, no entanto isso acontece por falta de hábito, pois se a leitura fosse um hábito as pessoas saberiam apreciar uma boa obra literária, por exemplo.
Muitas coisas que aprendemos na escola são esquecidas com o tempo, pois não as praticamos. Através da leitura rotineira, tais conhecimentos se fixariam de forma a não serem esquecidos posteriormente. Dúvidas que temos ao escrever poderiam ser sanadas pelo hábito de ler; e talvez nem as teríamos, pois a leitura torna nosso conhecimento mais amplo e diversificado.
Durante a leitura descobrimos um mundo novo, cheio de coisas desconhecidas.
O hábito de ler deve ser estimulado na infância, para que o indivíduo aprenda desde pequeno que ler é algo importante e prazeroso, assim ele será um adulto culto, dinâmico e perspicaz. Saber ler e compreender o que os outros dizem nos difere dos animais irracionais, pois comer, beber e dormir até eles sabem; é a leitura, no entanto, que proporciona a capacidade de interpretação.
Toda escola, particular ou pública, deve fornecer uma educação de qualidade incentivando a leitura, pois dessa forma a população se torna mais informada e crítica.

Assinado:




21/04/2013

Resenha: A Hospedeira

Stephenie Meyer - 560 páginas - Intrínseca
Sinopse
Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos “selvagens” que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a “alma” invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.